<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d11610014\x26blogName\x3devidence+and+chlorine\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://claya.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://claya.blogspot.com/\x26vt\x3d-5922575046210966920', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

sexta-feira, outubro 10, 2008

do fim do mundo

totku

do fim do mundo as coisas são perto dos olhos. parece que é a distância mas a distância é o medo que deu em tudo. o que nunca os olhos viram quando se abriram pela primeira vez é o que viram antes de nascer, e o que viram antes de nascer foram as coisas do fim do mundo.

pergunto: sabes onde é que fica o fim do mundo? respondes: sei. pergunto: onde fica? respondes: dentro de ti. pergunto: dentro de mim é dentro de ti também? respondes: é dentro de nós, juntos. pergunto: e o princípio do mundo? respondes: é onde não estávamos juntos. pergunto: alguma vez não estivemos juntos? respondes: no princípio do mundo não estávamos juntos. o mundo ainda estava a juntar as coisas que haviam de estar juntas. mas no princípio de nós, estávamos juntos. pergunto: uma noite no céu são as palavras sem tempo para existir? respondes: o princípio do mundo são as palavras a não terem tempo ainda para existir e somos nós a usá-las porque não estávamos juntos. uma noite no céu somos nós dentro das palavras. pergunto: no fim do mundo onde estão as palavras? respondes: no fim do mundo não precisamos das palavras. pergunto: no fim do mundo onde estão as palavras? respondes: no fim do mundo as palavras estão no fim do mundo mas nós já não estamos com elas. pergunto: e onde estão as palavras no fim do mundo? respondes: voltaram ao início do mundo para que lá estivessem quando fosse o princípio do mundo outra vez. pergunto: quando for o princípio do mundo outra vez nós vamos estar onde? respondes: quando for o princípio do mundo outra vez nós vamos estar juntos no princípio do mundo. pergunto: o fim do mundo é ao mesmo tempo que o princípio do mundo outra vez? respondes: o princípio do mundo outra vez é onde nós vamos estar juntos ao mesmo tempo desde o fim do mundo, mas o fim do mundo e o princípio do mundo outra vez não são ao mesmo tempo. entre uma coisa e a outra vamos estar nós.

Texto originalmente publicado em Letrário.

Etiquetas:

1 Comments:

Blogger ลndreia said...

'pergunto: sabes onde é que fica o fim do mundo? respondes: sei. pergunto: onde fica? respondes: dentro de ti. pergunto: dentro de mim é dentro de ti também? respondes: é dentro de nós, juntos.'

Aprende-se a falar em conjunto... *

24 outubro, 2008 21:49  

Enviar um comentário

<< Home